sexta-feira, 4 de junho de 2010

Ciência: corrida de revezamento.

O papel do ânion cloreto e do CFTR na destruição de bactérias Pseudomonas aeruginosa em neutrófilos normais e de pacientes com fibrose cística

ResearchBlogging.org

O título assusta, não? É o título de um artigo (tradução livre), publicado em 2008 no Journal of Leukocyte Biology. Eu e alguns colegas de faculdade temos que apresentar esse trabalho num seminário. Vou colocar alguns trechos da ficha-resumo que fizemos, junto com um glossário para leigos


Glossário:
Neutrófilos - Células do sistema imune. Internalizam (fagocitose) e destroem bactérias. Para isso, usam um ácido (ác. hipocloroso)
Cl- ( Íon Cloreto) - Átomo de cloro com um elétron a mais. É necessário para formar o ácido hipocloroso.
CFTR - Canal presente na membrana dos neutrófilos, que permite a entrada de íons cloreto.
Pseudomonas aeruginosa - Bactéria
Fibrose cística - Doença genética, na qual uma mutação gera defeitos nos canais CFTR e, com o transporte de cloreto afetado, vários sintomas no organismo



Objetivo(s) do artigo:

Investigar o efeito da concentração do íon cloreto extracelular na morte de Pseudomonas aeruginosa por neutrófilos normais e neutrófilos provenientes de pacientes com fibrose cística. O objetivo, portanto, foi investigar o papel do CFTR e do ânion cloreto (Cl-) na destruição bacteriana mediada por neutrófilos.


Hipótese do artigo:
Considerando o processo de formação do ácido hipocloroso (HOCl), que envolve a importação do ânion cloreto do meio extracelular através dos canais de cloro presentes na membrana plasmática (e.g. CFTR), e seu papel na destruição de bactérias Pseudomonas aeruginosa pelos neutrófilos, propõe-se que uma variação na concentração de ânion cloreto extracelular interfira na produção do ácido hipocloroso e, portanto, na morte das bactérias fagocitadas. Além disso, espera-se que canais CFTR defeituosos, o que caracteriza a fibrose cística, acarretem mudanças na importação do íon cloreto, comprometendo a capacidade destrutiva dos neutrófilos.


Neutrophil phagocytosis

Conclusões obtidas (pelos autores):
Foi demonstrado que o nível de cloreto extracelular afetou significativamente a destruição de bactérias mediada por neutrófilos. Os dados indicaram, portanto, que, em qualquer ambiente extracelular com uma oferta suficiente de cloreto, é esperada uma melhoria da função bactericida dos neutrófilos. Neutrófilos de pacientes com fibrose cística apresentaram atividade bactericida reduzida, o que é consistente com a hipótese de que a deficiência no canal CFTR gera uma menor concentração de HOCl intrafagolisossomal e implica na menor eficiência da resposta imune contra bactérias nesses pacientes, acarretando infecções recorrentes. Propõe-se que a doença pulmonar da fibrose cística é uma deficiência inata, resultante da disponibilidade de cloreto para células fagocitárias

Enfim, existe uma doença genética relativamente rara e especula-se que um de seus sintomas (infecções bacterianas recorrentes no trato respiratório) seja decorrente na deficiência de importação, por células do sistema imune, de um íon, cujo canal é defeituoso na doença. Hipótese feita, experimentos realizados, resultados satisfatórios. Os dados finais sugerem fortemente que a hipótese inicial estava correta.

A importação deficitária de cloreto é, realmente, um fator determinante nas infecções bacterianas dos pacientes.

Qual a relevância desse dado para a ciência? Ou melhor, qual a relevância para a humanidade? Qual foi o resultado prático? Por que estamos gastando dinheiro testando a influência de concentrações extracelulares de cloreto quando poderíamos estar procurando "a cura" para a fibrose cística? Ou estamos?

Painter, R., Bonvillain, R., Valentine, V., Lombard, G., LaPlace, S., Nauseef, W., & Wang, G. (2008). The role of chloride anion and CFTR in killing of Pseudomonas aeruginosa by normal and CF neutrophils Journal of Leukocyte Biology, 83 (6), 1345-1353 DOI: 10.1189/jlb.0907658

(Estou ficando craque em fazer posts-pergunta e não os responder. Prometo que não escrevo sobre outra coisa antes de terminar os dois)

Nenhum comentário:

Postar um comentário